Sumo de laranja - Novas evidências científicas

sumo de laranja

 

ESTUDOS RECENTES SOBRE O CONSUMO DE SUMO DE LARANJA 100% NATURAL DEMONSTRAM BENEFÍCIOS SIGNIFICATIVOS PARA A SAÚDE, NO ÂMBITO DE UMA ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA.

Um conjunto de estudos, realizados entre 2015 e 2016, sugerem que o consumo moderado de sumo de laranja 100% natural poderá ter efeitos positivos para a saúde, para além dos relacionados com o elevado teor de vitamina C. A proteção contra a inflamação celular, síndroma metabólica, assim como o aumento e melhoria dos níveis de insulina e da função cognitiva em idosos, são alguns dos benefícios que têm surgido associados ao sumo de laranja.

EFEITOS POSITIVOS

Uma publicação de 2015 da “Critical Reviews in Food Science and Nutrition” demonstrou uma associação entre o consumo de sumo de laranja natural e uma melhor ingestão alimentar em crianças e adultos, não substituindo o consumo de fruta inteira entre os seus consumidores. O sumo de laranja fornece alguns nutrientes essenciais, como vitamina C, folato, potássio e magnésio, contribuindo para atingir as doses diárias recomendadas (DDR) destas vitaminas e minerais, especialmente em casos em que o consumo de fruta – e em particular de citrinos – é insuficiente. Segundo este estudo, a ingestão moderada de sumo de laranja não está associada ao aumento de peso ou de outras medidas antropométricas em crianças e adultos (1).

Outro estudo investigou os efeitos do consumo moderado de sumo de laranja em fatores de risco associados à síndroma metabólica e concluiu que “tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e hipolipemiantes, que podem ajudar a prevenir o desenvolvimento da síndrome metabólica”. Este estudo, publicado na “International Journal of Food Sciences and Nutrition”, demonstrou ainda, como benefícios de um consumo regular, a redução da resistência à insulina e da pressão arterial sistólica em pessoas com peso normal e também a diminuição da pressão arterial diastólica em pessoas com excesso de peso (2).

COMO PARTE DE UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

A análise de literatura revela ainda uma associação positiva entre o consumo moderado de sumo de laranja natural e importantes biomarcadores de saúde: melhoria do perfil lipídico, evidenciado pela redução do colesterol total e LDL; aumento da capacidade antioxidante total; e potencial papel na estimulação do sistema imunitário, devido ao aumento de IL-12 (3). Além disso, a investigação nesta área mostra que o consumo de sumo de laranja pode ajudar a prevenir a resposta inflamatória de baixo grau, induzida por uma refeição com elevado teor de gordura (4). Outros dois estudos demonstram que um consumo regular de sumo de laranja, fonte de flavona e flavonoides, é benéfico para a função cognitiva (5,6). Estes resultados vêm demonstrar que o sumo de laranja pode ser consumido como parte de uma alimentação saudável.

CONSUMO INSUFICIENTE

A maioria das pessoas na Europa não consume a quantidade recomendada de frutas e legumes (7). Em Portugal, dados do relatório “Alimentação Saudável em Números – 2015” mostram que a dieta pobre em fruta é a principal causa para a perda de anos de vida saudável (8). Beber regularmente um pequeno copo (160ml) de sumo de laranja natural pode ajudar nesta matéria. Em alguns países, como é caso do Reino Unido e França, é assumido no âmbito do programa “Five-a-Day” que uma das 3 a 5 doses de fruta e legumes diárias poderá ser ingerida sob a forma de uma porção de sumo 100% fruta, enquanto forma complementar de consumo de fruta.

Fontes: “Fruit Juice Matters” e AIJN

Referências:
(1) Rampersaud & Valim (2015). 100% Citrus juice: nutritional contribution, dietary benefits, and association with anthropometric measures. Critical Reviews in Food Science and Nutrition.
(2) Silveira et al (2015). Red-fleshed sweet orange juice improves the risk factors for metabolic syndrome. International Journal of Food Sciences and Nutrition.
(3) Dourado & Cesar (2015). Investigation of cytokines, oxidative stress, metabolic, and inflammatory biomarkers after orange juice consumption by normal and overweight subjects. Food & Nutrition Research.
(4) Cerletti et al (2015). Orange juice intake during a fatty meal consumption reduces the postprandial low-grade inflammatory response in healthy subjects. Thrombosis Research.
(5) Alharbi et al (2015). Flavonoid rich orange juice is associated with acute improvements in cognitive function in healthy middle aged males. European Journal of Nutrition.
(6) Kean et al (2015). Chronic consumption of flavone-rich orange juice is associated with cognitive benefits: an 8-wk, randomized, double-blind, placebo-controlled trial in healthy older adults. The American Journal of Clinical Nutrition.
(7) European Fresh Produce Association, Freshfel (2015). New Freshfel consumption monitor shows slight recovery in consumption, although overall trend remains downward. News Release. Page 1 of 2.
(8) Direção Geral de Saúde (2016). Alimentação Saudável em Números – 2015.

Iniciativa em prol do consumo de fruta 

“Fruit Juice Matters” é uma iniciativa europeia, da responsabilidade da AIJN – Associação Europeia de Sumos de Fruta, cujo objetivo é divulgar informação científica sobre os benefícios do consumo moderado de sumos de fruta, como parte de um estilo de vida saudável. Por seu lado, a AIJN é a organização representativa da indústria de sumos de fruta na União Europeia. Representa a indústria do processamento de fruta até ao embalamento dos produtos para consumo. A associação foi fundada em 1958 e é uma organização sem fins lucrativos, que se rege pela Lei Belga. Está registada no Registo de Transparência Comum do Parlamento Europeu e da Comissão Europeia. Para mais informação, consulte: https://fruitjuicematters.eu/en/about-fruit-juice-matters e/ou www.aijn.org/about

logo saude be

 

^