Frutas protetoras

As frutas são o depósito natural e mais abundante de vitaminas, especialmente das chamadas antioxidantes. Possuem substâncias fitoquímicas que atuam como protetoras face a determinadas doenças.

Algumas frutas, como as cerejas, as uvas e os morangos, contêm ácidos que atrasam o efeito de agentes cancerígenos responsáveis por alguns tumores malignos. Os citrinos possuem substâncias fluidificantes do sangue, que previnem a formação de coágulos, enquanto as maçãs são portadoras de uma fibra solúvel – a pectina –, que ajuda a reduzir o colesterol e protege contra a diabetes. É longa a lista de substâncias presentes nas frutas, que ajudam o organismo a proteger-se contra as doenças. Existe uma fruta para cada época e para cada problema: o segredo está em saber “tirar-lhe o sumo”.

ALPERCE

Como todas as frutas e verduras de cor amarela, o alperce é muito ricos em carotenos, a forma vegetal da vitamina A, com comprovados efeitos protetores contra os cancros de estômago, esófago e garganta. É ideal para preparar a pele para o verão, isto é, para adquirir um bom bronzeado.
Durante o inverno, podem comer-se alperces secos, que têm algumas vantagens: muito potássio – útil para o coração – e muito ferro – especialmente indicado para as mulheres na menopausa. Contudo, há que ter em conta que os alperces secos têm muito mais calorias do que os frescos.
Em resumo, os alperces estão recomendados para:

  • proteger contra o cancro;
  • manter uma pele saudável e bronzeada;
  • evitar a anemia.

 

AMEIXAS SECAS

A ameixa seca constitui um excelente remédio contra a obstipação. Graças à sua riqueza em fibras, também pode ajudar a controlar o colesterol. Contém uma boa quantidade de betacarotenos, que protegem contra certas doenças cardíacas e oculares. É recomendável incluir ameixas secas na dieta das mulheres pós-menopáusicas, já que o boro ajuda a reter os estrogénios, hormona de que o organismo necessita para, por sua vez, conseguir reter o cálcio.
No entanto, as ameixas estão desaconselhadas se se pretende baixar de peso: apenas cinco ameixas contêm 115 calorias.
Recomendam-se para:

  • evitar a obstipação;
  • prevenir a osteoporose.

 

ARANDOS

Ricos em vitamina C e fibras, como quase todas as bagas, os arandos são bons aliados das dietas de emagrecimento. Graças ao seu alto teor em potássio e baixo em sódio, ajudam a manter um nível ótimo da pressão sanguínea.

O arando – mirtilo ou uva-do-monte, como também pode ser designado – é eficaz para:

  • prevenir as infeções urinárias – em sumo – e, portanto, são indicados para evitar as cistites;
  • emagrecer.

 

BANANA

É a rainha do potássio – 451 mg por unidade – e, portanto, um alimento amigo do coração. Pelo seu conteúdo em vitamina B6, também protege o sistema imunitário.
A banana é uma fruta ideal para:

  • normalizar a pressão sanguínea e o funcionamento do coração;
  • prevenir arritmias cardíacas;
  • aumentar as defesas;
  • evitar as subidas e descidas de glucose no sangue.

 

CEREJAS

As cerejas contêm uma apreciável quantidade de vitamina A e C.
São especialmente indicadas para conseguir um bonito tom de pele.

 

FRAMBOESAS

Deliciosas e permitidas nas dietas de controlo de peso, fornecem poucas calorias, mas muito prazer. As fibras que contêm ajudam a regularizar a função intestinal e, como são muito ricas em vitamina C, promovem o aumento das defesas imunitárias. As framboesas contribuem para normalizar a pressão arterial, graças ao potássio.
Especialmente indicadas para:

  • dietas de emagrecimento;
  • aumentar as defesas;
  • normalizar a pressão sanguínea.

 

GOIABA

Esta fruta tropical contém mais do dobro da vitamina C de uma laranja. É uma das principais fontes de fibra dietética, sendo muito pobre em calorias e gorduras. A goiaba é, por isso, muito apropriada para dietas de emagrecimento.
Recomendada para:

  • prevenir contra o cancro – vitamina C e betacarotenos;
  • aumentar as defesas e lutar contra as infeções – vitamina C;
  • manter uma pressão arterial moderada e proteger o coração – potássio.

 

KIWI

Com muita vitamina C, muita fibra e uma boa quantidade de potássio, o kiwi é a fruta ideal para todas as épocas do ano.
Está especialmente indicado para:

  • prevenir constipações – vitamina C;
  • proteger contra vários tipos de cancro – vitamina C e fibras;
  • manter o coração saudável – potássio.

 

MAÇÃ

Como diz o provérbio, “an apple a day keeps the doctor away”, ou seja, “uma maçã por dia mantém o médico afastado”. A sua riqueza numa fibra solúvel – chamada pectina – torna-a especialmente valiosa na luta contra o colesterol e a diabetes, bem como nas dietas de emagrecimento, dado que sacia e engana a fome.
A maçã é uma fruta ideal para:

  • prevenir as doenças cardíacas;
  • baixar o colesterol;
  • lutar contra a diabetes.

 

MANGA

A manga é um combinado de fibras, vitamina A, betacarotenos, vitamina C e potássio.
Recomendada para:

  • proteger contra determinados cancros – betacarotenos e fibras;
  • fortalecer o sistema imunitário – vitamina C;
  • prevenir ataques cardíacos – betacarotenos.

 

MELANCIA

Refrescante e antioxidante, é a fruta mais fresca do verão. A melancia fornece uma boa quantidade de água mineromedicinal, carregada de vitaminas e de minerais, designadamente vitamina C, betacarotenos e potássio.
Especialmente recomendada para:

  • re-hidratar em épocas de calor;
  • proteger contra o cancro;
  • regular a função cardíaca.

 

MELÃO

É um autêntico “cocktail” de betacarotenos e vitamina C. O melão contribui para manter o equilíbrio intestinal, graças às fibras que contém.
Recomendado, sobretudo, para:

  • conseguir um bom bronzeado – betacarotenos;
  • proteger contra certos cancros – betacarotenos;
  • atrasar o envelhecimento – vitamina C e betacarotenos;
  • regular o trânsito intestinal – fibras.

 

MORANGOS

Deliciosos e com poucas calorias, são o pequeno-almoço perfeito para lutar contra a celulite. Contêm uma boa dose de vitamina C, que protege contra vários tipos de cancro e contra o excesso de colesterol. Os morangos também proporcionam uma apreciável quantidade de fibras: 2,2 g por cada taça.
São muito adequados para:

  • proteger contra o cancro do cólon e do reto;
  • inibir a formação de agentes cancerígenos;
  • dietas anticelulite.

 

PAPAIA

Embora seja muito mais rica em vitamina C do que os citrinos e o seu teor em betacarotenos seja superior ao que necessitamos de tomar diariamente, a papaia não é famosa por prevenir constipações, mas sim por ajudar a digerir os alimentos, ação que se deve ao respetivo conteúdo em papaína.
É especialmente eficaz para:

  • combater a acidez do estômago – papaína;
  • prevenir constipações – vitamina C;
  • manter o coração saudável – potássio;
  • regular o trânsito intestinal – fibras;
  • proteger contra alguns cancros.

 

PERA

Pobre em calorias, embora de sabor muito doce, a pera é uma excelente fonte de fibras dietéticas e de vitamina C, além de potássio. Recomendada para:

  • evitar a obstipação;
  • proteger o coração;
  • dietas anticelulite.

 

PÊSSEGO

De sabor doce, contém fibras, betacarotenos e potássio, apresentando poucas calorias.
Deve consumir-se pêssegos para:

  • proteger contra as doenças cardíacas;
  • conseguir um bonito e saudável bronzeado;
  • prevenir contra o cancro do cólon e do reto – fibras.

 

UVAS

São muito ricas em açúcar, mas também em sais minerais. As uvas são igualmente ricas num ácido protetor dos processos cancerígenos; e boro, um mineral que ajuda a manter um elevado nível de estrogénios no sangue.
Recomendadas para:

  • reduzir os níveis de colesterol no organismo;
  • lutar contra a osteoporose na menopausa;
  • neutralizar as substâncias cancerígenas;
  • proteger contra as doenças do coração.

 

Citrinos: guardiões da saúde

Os citrinos – limão, laranja, tangerina e lima – constituem um verdadeiro laboratório, repleto de componentes curativos. Além da conhecida vitamina C, contêm ainda:

  • CUMARINAS – Fluidificantes naturais do sangue. Previnem a formação de coágulos.
  • ÁCIDOS FENÓLICOS – Antioxidantes potentes, que defendem as células do ataque dos radicais livres e neutralizam o efeito de alguns agentes cancerígenos que se formam no estômago.
  • BIOFLAVINOIDES – Substâncias responsáveis pela cor amarela destas frutas. Atuam como antioxidantes, protegem contra certos tipos de cancros, ajudam a prevenir a fragilidade capilar e possuem propriedades antivíricas.
  • TRITERPENOIDES – Compostos que podem proteger contra o cancro, neutralizam a ação das hormonas esteroides – que estimulam o desenvolvimento de tumores – e impedem a divisão celular das células cancerosas. Podem limitar a produção de colesterol.
  •  

    Como todas as frutas e verduras de cor amarela, os alperces são muito ricos em carotenos, a forma vegetal da vitamina A, com comprovados efeitos protetores contra os cancros de estômago, esófago e garganta.
    Deliciosos e com poucas calorias, os morangos são o pequeno-almoço perfeito para lutar contra a celulite; contêm, ainda, uma boa dose de vitamina C, que protege contra vários tipos de cancro e contra o excesso de colesterol.

     

     

    logo saude be